terça-feira, 12 de setembro de 2017

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

Das Circunstâncias III


de uma literatura infantil que ando fazendo...


O Cão de Pompeia

o cão de pompeia
petrificado de cinzas
e surpresa

(também plasmado
sob tela, papel
ou olho de quem me lê)

não soube o próximo
amanhecer
nem sobre o chão
molhado de invernos

rochedo mudo
permanece (por inteiro
no museu)

eterno numa tarde
subitamente quente
após um dia sem tempo
aconchegado ao seu
companheiro

humano de bando

Vestígios


domingo, 25 de junho de 2017

Sobre Filosofia e Poesia - Giorgio Agamben




"É minha convicção de que a filosofia não seja uma disciplina na qual seja possível definir o objeto e os confins (como tentou fazer Deleuze) ou, como acontece na universidade, pretender traçar a história linear e talvez progressiva. A filosofia não é uma substância, mas uma intensidade que pode de uma só vez animar qualquer âmbito: a arte, a religião, a economia, a poesia, o desejo, o amor e até mesmo o tédio. Assemelha-se mais a algo como o vento, ou as nuvens, ou uma tempestade: como estas, produz-se de improviso, agita, transforma e até mesmo destrói o lugar onde se produziu, mas, da mesma forma, imprevisivelmente passa e desaparece”.